A carregar

Working Papers

Com vista a melhor divulgar os trabalhos dos seus investigadores e colaboradores, bem como a incentivar a partilha e discussão de dados numa fase inicial da pesquisa, o CRIA decidiu institucionalizar uma linha de Working Papers. Será uma colecção exclusivamente disponibilizada online, na própria página do centro, e de acesso público. Os textos a publicar podem ser, como a própria colecção indica, trabalhos em curso, artigos já finalizados, notas de pesquisa ou mesmo comunicações em encontros científicos que tenham a qualidade suficiente para serem disponibilizados publicamente.

Se bem que os working papers não representem uma publicação no sentido clássico do termo, não deixam de ser documentos oficiais, que passam a ser divulgados, circulam e são citados como uma qualquer outra publicação em papel. Para garantir um elevado standard de qualidade da colecção, os textos recebidos serão apreciados pelos coordenadores após o que será comunicada a decisão ao autor.

Por favor, descarregue aqui as normas de submissão do manuscrito.

 


Working Paper Nº21

“Visões sobre os cuidados informais no processo de criação do estatuto do cuidador informal em portugal – (a ausência de) uma perspetiva de género” - Sara Canha

Working Paper Nº20

"Intimidade e Emoções num Centro de Acolhimento de Refugiados em Portugal" - Marta Lemos

Working Paper Nº19

“As teorias da etnicidade: entre as representações essencialistas da cultura e a desconstrução crítica dos conceitos” - José Cavaleiro Rodrigues

Working Paper Nº18

"Mulheres e (In)visibilidades: Notas sobre formas de visibilidade, cerceamento e violências contra mulheres" - Aureliano Lopes, Bruna Potechi, Cecília Menduni Luís, Juliana dos Santos Pereira Moraes, Laís Rodrigues, Rita Costa

Working Paper Nº17

“The anthropologist and the bioengineer: A theoretical reflection on some preconditions for ethnographic collaborations in Personalized Medicine” – José Carlos Pinto da Costa

Working Paper Nº16

“Campinos, touros e cheias na lezíria: produção social das representações hegemónicas do Ribatejo” – Pedro Silva Sena

Working Paper Nº15

“Casas (pós-) rurais. Mobilidade, arquitetura e trajetórias identitárias” – Ana Saraiva

Working Paper Nº14

“Uma etnografia multi-situada em torno da prática e difusão da Kizomba” – André Castro Soares

Working Paper Nº13

“The Museum is Us All (O Museu Somos Todos), Odemira: community, place and memory in a site-specific participatory art project” – Catarina Barata

Working Paper Nº12

“Care as sustainability in times of crisis: Between welfare-state and interpersonal relationships in Portugal” – Antónia Pedroso de Lima

Working Paper Nº11

“Cuidar, ser cuidado e viver em contexto de crise: Aspectos económicos das relações interpessoais” – Antónia Pedroso de Lima

Working Paper Nº10

“Spaces of Memory: The Construction of Colonial and Post-Colonial Spaces in the Memories of Former Portuguese Colonizers” – Mário Machaqueiro

Working Paper Nº9

“O Historiador, o Leitor, o Rei e as Amantes deles: Sobre alguns efeitos perversos do fim das teorias” – Ângela Miranda Cardoso

Working Paper Nº8

“Aprender português para falar com as pessoas. Reflexões sobre processos de reconfiguração identitária em contextos de imigração.” – Cristina Valentim

Working Paper Nº7

“What about those shoes? Street children and NGOs in Maputo, Mozambique” – Andrea Moreira

Working Paper Nº6

“Maternidade e Identidade em Contexto de Imigração” – Elizabeth Challinor

Working Paper Nº5

“Ao “mel” e ao “tabaco”: sobre Relação Social” – Leif Grünewald

Working Paper Nº4

“O Paradoxo das Oportunidades. Jovens, relações geracionais e transformações socias – notas sobre Cabo Verde” – Filipe Martins

Working Paper Nº3

“Le temps des «Bilgueitts»: un village «maraboutique» Sahélien au XXIème siècle” – Francisco Freire

Working Paper Nº2

“From home to the street: Children’s street-ward migration in Cape Verde” – Lorenzo I. Bordonaro

Working Paper Nº1

“Ser mas não ser, eis a questão. O problema persistente do essencialismo estratégico.” – Miguel Vale de Almeida